Indicadores de circulação do acervo na Biblioteca Comunitária da Universidade Federal de São Carlos

Autores

  • Débora Marroco NININ
  • Roniberto Morato do AMARAL
  • Douglas Henrique MILANEZ
  • Leandro Innocentini Lopes de FARIA

Resumo

Com o intuito de contribuir para a temática dos estudos de uso e usuários, visando subsidiar a tomada de decisão mais racional e
sustentável em relação à manutenção do acervo de uma biblioteca, este estudo teve como objetivo geral elaborar um conjunto
de indicadores sobre o uso do acervo, por intermédio da técnica de análise bibliométrica e da análise das redes sociais. Como
método de pesquisa, utilizou-se o estudo de caso, tendo como unidade-caso a Biblioteca Comunitária da Universidade Federal de
São Carlos, campus São Carlos, São Paulo. A amostra de dados analisada compreendeu 119.720 registros referentes à circulação
(empréstimo, renovação e reservas) do acervo, no ano de 2011. Foram elaborados e analisados indicadores sobre a utilização do
acervo pela comunidade, com auxílio do software VantagePoint®. Com base nos resultados obtidos, pode-se afirmar que o uso da
bibliometria e da análise de rede para a realização de estudos de usos, prevista na teoria de estudos de usos e usuários, mostrou-
-se eficaz para estabelecer indicadores referentes ao perfil de usuários e uso do acervo, de forma automatizada e sem contato
direto com os usuários

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24-06-2022

Como Citar

Marroco NININ, D. ., Morato do AMARAL, R. ., MILANEZ, D. H. ., & Innocentini Lopes de FARIA, L. (2022). Indicadores de circulação do acervo na Biblioteca Comunitária da Universidade Federal de São Carlos. Transinformação, 27(1). Recuperado de https://periodicos.puc-campinas.edu.br/transinfo/article/view/6054

Edição

Seção

Originais