Competência em Informação: mapeamento do uso de fontes de informação por discentes da área da saúde

Autores

  • Daianny Seoni de Oliveira
  • Nara Rejane Cruz de Oliveira

Resumo

A Competência em Informação surge da preocupação com a formação em pesquisa e uso das tecnologias por futuros profi ssionais. Na área da saúde, a informação científi ca fundamenta a tomada de decisão, pois os resultados de pesquisa potencialmente podem se transformar em ação. O objetivo desse artigo é mapear a competência em informação de graduandos da área da saúde na utilização de fontes de informação para fi ns de pesquisa científi ca, com base nos padrões de competência em informação para o ensino superior da Association of College and Research Libraries. Trata-se de estudo transversal do tipo descritivo, de abordagem quantitativa e qualitativa. Participaram 318 estudantes vinculados ao Instituto de Saúde e Sociedade de uma Universidade no Estado de São Paulo, dos cursos de graduação em Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Psicologia e Serviço Social. Verificou-se que os graduandos possuem difi culdades em estabelecer a necessidade de informação, pouco conhecimento em relação ao acesso as bases de dados disponíveis, difi culdades em avaliar a qualidade das fontes utilizadas, necessidade de discutir o uso ético da informação e desconhecimento do conceito de competência em informação. Conclui-se que o tema precisa ser mais explorado em pesquisas e tratado em contínuo processo de formação nas universidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-06-2022

Como Citar

Seoni de Oliveira, D. ., & Cruz de Oliveira, N. R. . (2022). Competência em Informação: mapeamento do uso de fontes de informação por discentes da área da saúde. Transinformação, 31. Recuperado de https://periodicos.puc-campinas.edu.br/transinfo/article/view/5910

Edição

Seção

Originais