Uma manhã no ateliê de gravura

Autores

  • Luise Weiss Instituto de Artes (IA) Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

DOI:

https://doi.org/10.24220/2595-9557v4e2021a5008

Palavras-chave:

Gravura. , Impressão. , Memória., Tempo.

Resumo

 Uma manhã no ateliê de gravura constitui-se num ensaio de reflexões e pensamentos ocorridos no ateliê de gravura do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas, onde leciono. Observando a silhueta das prensas contra a luz forte vinda de fora, às 8 horas da manhã, antes dos alunos aparecerem, diversos pensamentos surgiram, guiados pelo eixo: gravura, as prensas, os equipamentos que constituem o ateliê e registros do tempo presente no meio de um mundo em rápida transformação.

Biografia do Autor

Luise Weiss, Instituto de Artes (IA) Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Possui graduação em Artes Plásticas pela Universidade de São Paulo (1977), mestrado em Comunicação e Artes pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Poéticas Visuais pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é Professora Titular da Universidade Estadual de Campinas no Instituto de Artes na área de Gravura. Atuou como Professora nas áreas de Gravura e Desenho da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Tem experiência na área de Artes Visuais, com ênfase na gravura, pintura, fotografia e desenho. Em 2006 realizou a Livre-docência na Unicamp, com o trabalho intitulado: Saga: uma trajetória. Em 2015 apresentou o memorial como título Nos Veios da Madeira, obtendo a titularidade junto ao Departamento de Artes Visuais - Instituto de Artes da UNICAMP. É natural de São Paulo, onde reside e possui atelier. No Instituto de Artes da Unicamp leciona na Graduação e Pós-Graduação, orientando mestrados e doutorados na área de Poéticas Visuais. Realiza exposições nacionais e internacionais e produz ilustrações e projetos gráficos, além de livros-objetos e livros-de-artista. Participou de vivências artísticas na Alemanha e Polônia, cujas pesquisas visuais são incorporadas na produção artística. Publicou um livro pela Imprensa Oficial intitulado: No Mar... (2012), reunindo gravuras, fotografias e pinturas que incorporaram a exposição Passagens, no MASP em 2010.

Referências

BUTI, Marco; LETYCIA, Anna. Gravura em Metal. São Paulo: Edusp/Imprensa Oficial, 2002.

DEWEY, John. Arte como Experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

ORTEGA Y GASSET, José. Meditação da Técnica. Rio de Janeiro: Livro Ibero-Americano, 1963.

ROBB, Alexander. Alquimia e Misticismo. Ed. Taschen, 1997.

SENNET, Ricahrd. O artífice. Rio de Janeiro: Editora Record, 2009.

SUBIRATS, Eduardo. Da Vanguarda ao Pós-Moderno. São Paulo: Editora Nobel, 1986.

Downloads

Publicado

05-10-2021

Edição

Seção

Dossiê Tradição e Ruptura: Pesquisas e Práticas da Arte Impressa Contemporânea