Diagrama da impressão e suas conexões com a palavra e a imagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24220/2595-9557v4e2021a4986

Palavras-chave:

Continuidades, rupturas, cruzamentos e contaminações na gravura. Gravura no campo ampliado

Resumo

O presente artigo propõe uma discussão sobre a arte impressa, a partir de um diagrama da impressão, que parte da sua gênese na natureza até o seu desenvolvimento na arte na contemporaneidade. O diagrama estrutura-se a partir dos seguintes fatores: o anacronismo da impressão; continuidades, rupturas, cruzamentos e contaminações e o campo ampliado da gravura, temas que a autora já está pesquisando e no qual tem se aprofundando há algum tempo. Dentre os momentos de ruptura que mais afetaram a gravura e a arte impressa, destacam-se: o desenvolvimento da imprensa no ocidente; a invenção e o desenvolvimento da fotografia; a revolução/ proliferação digital. O diagrama aborda ainda o princípio comum da impressão, da palavra e da imagem, e sua vinculação desde a pré-história até o Renascimento, quando ocorre uma primeira ruptura entre a palavra e a imagem, que afetará também a gravura. Essa relação palavra/imagem será retomada no final do século XIX e início do século XX no trabalho de artistas e poetas que explorarão esse diálogo muitas vezes através de processos gráficos, diluindo a hierarquização entre palavra e imagem e retomando, dessa forma, antigos vínculos entre elas, ressaltando o caráter visual da escrita. Isso será registrado no diagrama, indicando e explorando as relações e entrecruzamentos entre palavra e imagem, através do seu diálogo cada vez mais íntimo na arte.

Biografia do Autor

Maria do Carmo de Freitas Veneroso, Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Belas Artes, Departamento de Artes Plásticas

Professora Titular da Escola de Belas Artes da UFMG, artista e pesquisadora. Doutora em Estudos Literários pela Faculdade de Letras da UFMG (2000) e Mestre (Master of Fine Arts - MFA) pelo Pratt Institute, New York, EUA (1984). Bacharel em Belas Artes pela EBA/UFMG (1978). Pós-doutorado pela Indiana University, EUA (2009). Coordena o grupo de pesquisa CALIGRAFIAS E ESCRITURAS. Atua na área das Interartes, com ênfase nas Artes Plásticas (Gravura), Teoria, Crítica e História da Arte. É membro do corpo permanente do Programa de Pós-Graduação em Artes da Escola de Belas Artes da UFMG que ajudou a fundar, desde 2001. É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, membro do Comitê Brasileiro de História da Arte, da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) e da IAWIS - International Association of Word and Image Studies. Foi Professora Residente do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares da UFMG (2015 - 2016). Tem exposto sua produção artística no Brasil e no exterior. Publica livros e artigos sobre suas pesquisas, em jornais e revistas acadêmicas nacionais e internacionais.

Referências

Christin, A. M. (org.). A history of writing: from hieroglyph to multimedia. Paris: Flammarion, 2002.

Didi-Huberman, G. La ressemblance par contact: archéologie, anachronisme et modernité de l’empreinte. Paris: Minuit, 2008.

Morley, S. Writing on the wall: Word and image in modern art. Berkeley: University of California Press, 2003.

Veneroso, M. C. F. Caligrafias e escrituras: diálogo e intertexto no processo escritural nas artes no século XX. Belo Horizonte: C/Arte, 2012a.

Veneroso, M. C. F. O campo ampliado da gravura: suas interseções e contrapontos com a escrita e a imagem no contexto da arte contemporânea. Revista Porto Arte, v. 32, p. 85-102 2012b.

Veneroso, M. C. F. Diagrama completo impressão/palavra/imagem. Belo Horizonte: [s. n.], 2012c. Disponível em: http://diagrama.cacaufreitas.com/1/. Acesso em: 20 out. 2020.

Veneroso, M. C. F. O campo ampliado da gravura: continuidades, rupturas, cruzamentos e contaminações. Art Research Journal, v. 1, n. 1, p. 171-183, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/artresearchjournal/article/ view/5275/4339. Acesso em: 10 jun. 2020.

Downloads

Publicado

30-04-2021

Edição

Seção

Dossiê Tradição e Ruptura: Pesquisas e Práticas da Arte Impressa Contemporânea