Transgressões do terciário em Palmas (TO, Brasil): da subversão do projeto ao amparo da lei | Tertiary transgressions in in Palmas (TO, Brazil): from the subversion of the project to the support of the law

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24220/2318-0919v18e2021a4846

Palavras-chave:

Centralidade, Cidades-novas, Terciário, Urbanidade, Urbanismo moderno.

Resumo

No contexto de uma cidade nova, Palmas, capital do Tocantins, coloca-se em evidência algumas
transgressões do setor terciário com relação à jovem capital, subvertendo o projeto original, potencializando valores de urbanidade, vitalidade e sociabilidade urbana e tendo suas ações amparadas pela lei.

Biografia do Autor

Heliana Comin Vargas, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Departamento de Projeto

Roberto de Almeida Bottura, Universidade Federal do Tocantins

Universidade Federal do Tocantins, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Departamento de Projeto Arquitetônico

Referências

AGUIAR, D. Urbanidade e a qualidade de cidade. In: AGUIAR, D.; NETTO, V. M. (org.) Urbanidades. Rio de Janeiro: Folio Digital Letra e Imagem, 2012. p. 61-80.

ALEXANDER, C. A city is not a tree. Architectural Forum, v. 122, n. 1, p. 58-62, 1965.

BAUDRILLARD, J. A sociedade de consumo. Lisboa: Edições 70, 2018.

CHOAY, F. O urbanismo. São Paulo: Perspectiva, 1992. p. 45.

GEHL, J. La humanización del espacio urbano: la vida social entre edifícios. Barcelona: Reverté, 2017. p. 127.

GRUPO QUATRO. Projeto da capital do Tocantins: plano básico/memória. Palmas: Fundação Cultural de Palmas/Acervo Histórico Casa Suçuapara, 1989a. p. 2-13. Mimeo.

GRUPO QUATRO. Memória da concepção. Palmas: Fundação Cultural de Palmas/Acervo Histórico Casa Suçuapara, 1989b. p. 21. Mimeo.

GUÀRDIA, M.; OYÓN, J. L. Hacer ciudad a través de los mercados: Europa, siglos XIX y XX. Barcelona: MUHBA, 2010. p. 12.

HUDNUT, J. Housing and the democratic process. Architectural Records, n. 93, p. 42-46, 1943.

JACOBS, J. Morte e vida de grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes, 2001. p. 29-125.

JULIANO, M. A. O zoneamento e o território do terciário na cidade de Campinas. 2016. 175 f.

Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. f. 48.

LIPOVETSKY, G.; CHARLES, S. Os tempos hipermodernos. Lisboa: Edições 70, 2019. p. 27.

MANCUSO, F. Las experiências del zoning. Barcelona: Gustavo Gili, 1980.

MÉRENNE-SCHOUMAKER, B. Géografies dês services et dês commerces. Rennes: Press Universitaires de Rennes, 2008.

MEYER, R. Pensando a urbanidade. Vitruvius, ano 1, n. 001.18, 2002. Disponível em: https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/01.001/3261. Acesso em: 6 mar. 2020.

NETTO, V. M.; VARGAS, J. C.; SABOYA, R. (Buscando) os efeitos sociais da morfologia arquitetônica. Urbe: Revista Brasileira de Gestão Urbana, v. 4, n. 2, p. 262-282, 2012.

PALMAS. Lei nº 386 de 17 de fevereiro de 1993. Dispõe sobre a divisão da Área Urbana da Sede do Município de Palmas em Zonas de Uso e dá outras providências. Palmas: Prefeitura Municipal, 1993. Disponível em: http://legislativo.palmas.to.gov.br/. Acesso em: 1 nov. 2019.

PALMAS. Lei nº 468 de 06 de janeiro de 1994. Aprova o Plano Diretor Urbanístico de Palmas (PDUP) e dispõe sobre a divisão do solo do Município, para fins urbanos. Palmas: Prefeitura Municipal, 1994. Disponível na: http://legislativo.palmas.to.gov.br/. Acesso em: 1 nov. 2019.

PALMAS. Lei nº 81 de 19 de fevereiro de 2004. Dispõe sobre usos toleráveis para os lotes lindeiros às avenidas da Área de Urbanização Prioritária I. Palmas: Prefeitura Municipal, 2004. Disponível:http://legislativo.palmas.to.gov.br/. Acesso em: 10 maio 2019.

PALMAS. Lei complementar nº 155, de 28 de dezembro de 2007. Dispõe sobre a política urbana no município de Palmas [Plano Diretor]. Palmas: Prefeitura Municipal, 2007. Disponível em https://legislativo.palmas.to.gov.br/media/leis/lei-complementar-155-2007-12-28-6-12-2017-16-23-28.pdf. Acesso em: 12 maio 2019.

PALMAS. Lei complementar nº 400 de 2 de abril de 2018. Plano Diretor Participativo do município. Palmas: Prefeitura Municipal, 2018. p. 4-92 Disponível em: https://geopalmasweb.wixsite.com/geopalmas. Acesso em: 3 jul. 2019.

PEARLMAN, J. Breaking common ground. In: MUMFORD, E.; SARKIS, H. (ed.). Josep Lluís Sert: the architect of urban design, 1953-1969. Yale: Yale University, 2008. p.116-129.

RODOVALHO, S. A. Palmas, do projeto ao plano: o papel do planejamento urbano na produção do espaço. 2012. 196 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade Federal do Tocantins, Palmas, 2012. f. 171.

SERT, J. L. Opiniones cambiantes sobre el entorno urbano. Cuadernos de Arquitectura y Urbanismo, n. 93, p. 44-46, 1972.

SMITHSON, A.; SMITHSON, P. Urban structuring: studies of Alison & Peter Smithson. London: Studio Vista, 1967. p. 8.

VARGAS, H. C. Comércio e cidade: uma relação de origem. Jornal Estado de São Paulo, 2000. p. 1. Disponível em: www.estadao.com.br/ext/eleições/artigos31/08/2000. Acesso em: 4 maio 2018.

VARGAS, H. C. Espaço terciário: o lugar, a arquitetura e a imagem do comércio. São Paulo: Manole, 2018. p. 46-49.

VARGAS, H. C. Comércio, serviços e cidade: subsídios para gestão urbana. REURB: Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v. 22, p. 1-26, 2020. Disponível em: https://rbeur.anpur.org.br/rbeur/article/view/6053. Acesso em: 11 maio 2020.

VICENTIM, T. N. Análise do comércio e serviço nos empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida: estudo de caso do Residencial Vista Bela – Londrina, PR. 2015. 155 f. Dissertação (Mestrado em Metodologia do Projeto) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2015.

Downloads

Publicado

25-02-2021

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa