Reserva do Paiva

o poder das governanças em Grandes Projetos Urbanos

Autores

  • Suely Maria Ribeiro Leal Universidade Federal de Pernambuco, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Núcleo de Gestão Urbana e Políticas Públicas https://orcid.org/0000-0002-5717-0022
  • Mônica Luize Sarabia Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Artes e Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano https://orcid.org/0000-0002-0716-2032
  • Wesley Morais Universidade Federal de Pernambuco, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Núcleo de Gestão Urbana e Políticas Públicas https://orcid.org/0000-0001-6412-043X
  • Riviane Monteiro Lopes Universidade Federal de Pernambuco, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano, Núcleo de Gestão Urbana e Políticas Públicas https://orcid.org/0000-0002-4763-4188

DOI:

https://doi.org/10.24220/2318-0919v19e2022a5033

Palavras-chave:

Acumulação urbana, Bairros planejados, grandes projetos urbanos, Pernambuco, Urbanização neoliberal

Resumo

Os Grandes Projetos Urbanos são empreendimentos plurifuncionais que demandam um longo tempo para serem concluídos. São concebidos sob uma lógica global-local em que o território se ajusta aos preceitos do capital como condição para se adequarem aos novos padrões de modernização dos espaços. A governança desses Grandes Projetos Urbanos evidencia o protagonismo privado, ainda que o Estado seja fundamental como agente regulador e
viabilizador do negócio. Sendo assim, neste artigo são analisadas as relações de governança a partir do levantamento dos atores envolvidos, considerando aspectos ideacionais e funcionais que foram realizados para a implantação do grande projeto urbano denominado Reserva do Paiva, localizado na Região Metropolitana do Recife, em Pernambuco, Brasil. Dentre os aspectos evidenciados na pesquisa têm-se a governança no empreendimento, a gestão corporativa estabelecida, os atores da governança do empreendimento e a segregação socioespacial considerando o discurso de exclusividade e de preservação ambiental o que pressupõe maior confiabilidade e atratividade para classes de alto poder aquisitivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, A. Exclusivismo socioespacial na região metropolitana do Recife: produção do espaço e governança do complexo imobiliário, residencial e de serviços Reserva do Paiva, Recife – PE. 2014. Tese. 291 f. (Doutorado em Geografia) — Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2014.

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BELL, S.; HINDMOOR, A. Rethinking governance: The centrality of the state in modern society. Cambridge: Cambridge University Press, 2009. Doi: https://doi.org/10.1017/CBO9780511814617

FREY, K. et al. Governança local e as tecnologias de informação e comunicação. Paraná: Champagnat, 2009.

HARVEY, D. Do gerenciamento ao empresariamento urbano: a transformação da administração no capitalismo tardio. Espaço & Debates, n. 39, p. 48-64, 1996. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=1053379. Acesso em: 12 jun. 2019.

HARVEY, D. O enigma do capital e as crises do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2011.

HOYLER, T. Qual lugar das cidades no mercado imobiliário? Oculum Ensaios, v. 12, n. 2, p.335-344, 2015. Doi: https://doi.org/10.24220/2318-0919v12n2a2419

KENIS, P. N.; SCHNEIDER, V. Policy networks and policy analysis: Scrutinizing a new analytical toolbox. In: MARIN, B.; MAYNTZ, R. (ed.). Policy networks: empirical evidence and theoretical considerations. Boulder: Westview Press, 1991. p. 25-59. Disponível em: http://arno.uvt.nl/show.cgi?fid=68822 . Acesso em: 10 jul. 2020.

LEAL, S. M. R. Inovações nos produtos da oferta imobiliária nas cidades brasileiras: os megaempreendimentos na metrópole do Recife. In: LEAL, S. M. R.; LACERDA, N. (org.). Novos padrões de acumulação urbana na produção do habitat: olhares cruzados Brasil-França. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2010. v. 1, p. 311-336.

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DE 1986. Praia do Paiva (Blog), 2011. Disponível em: http://www.praiadopaiva.blogspot.com.br. Acesso em: 12 fev. 2019.

MOULAERT, F.; RODRIGUEZ, A.; SWYNGEDOUW, E. The globalized city: economic restructuring and social polarization in european cities. Oxford: Oxford University Press, 2002.

ODEBRECHT REALIZAÇÕES IMOBILIÁRIAS. Empreendimentos residenciais em pernambuco. Recife: Odebrecht, 2020. Disponível em: https://www.orealizacoes.com.br/. Acesso em: 23 jul. 2020.

OLIVEIRA, F. L. et al. (org.). Grandes projetos metropolitanos: Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2012.

PONTES, B. Desenvolvimento e Governança ambiental: em busca de uma outra práxis na dinâmica territorial da “Reserva” do Paiva, Recife, PE. 2017. Dissertação. 199 f. (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2017.

RHODES, R. A. W. The new governance: governing without government. Political Studies, v. 44, n. 4, p. 652-667, 1996. Disponível em: http://spp.xmu.edu.cn/wp-content/uploads/2013/12/The-New-Governance-Governing-without-Government-pdf.pdf. Acesso em: 9 dez. 2020.

ROUZEAU, M. Les experts et la politique de la ville. Circulation des idées, mobilisation des connaissances et animation transactionnelle. In: JACOB, S.; GENARD, J. L. Expertise et action publique. Bruxelles: Editions de l’Université de Bruxelles, 2004. p.65-80.

SENAC OFERECE CURSOS GRATUITOS PARA MORADORES DO CABO. Diário de Pernambuco, 2015. Disponível em: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/vidaurbana/2015/12/senacoferece-cursos-gratuitos-para-moradores-do-cabo.html. Acesso em: 11 dez. 2020.

SCHNEIDER, V. State Theory, Governance and the logic of regulation and administrative control. In: WARNTJEN, A.; WONKA ARNDT, W. (ed.). Governance in Europe. Baden-Baden: Nomos, 2004. p. 25-41.

SCHNEIDER, V. Redes de políticas públicas e a condução de sociedades complexas. Civitas, v. 5 n. 1. p. 29-58, 2005. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/civitas/article/view/33. Acesso em: 10 dez. 2020.

VAINER, C. Pátria, empresa e mercadoria: notas sobre a estratégia discursiva do planejamento estratégico urbano. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR, 8., 1999, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: PROPUR-UFRGS, 1999. CD-room.

WILLIAMSON, O. E. Visible and invisible governance. The American Economic Review, v. 84, n. 2, p. 323-326, 1994. Disponível em: http://links.jstor.org/sici?sici=0002-8282%28199405%2984%3A2%3C323%3AVAIG%3E2.0.CO%3B2-Y&origin=repec. Acesso em: 9 dez. 2020.

Downloads

Publicado

2022-08-12

Como Citar

Leal, S. M. R., Sarabia, M. L., Morais, W., & Lopes, R. M. (2022). Reserva do Paiva: o poder das governanças em Grandes Projetos Urbanos. Oculum Ensaios, 19, 1–21. https://doi.org/10.24220/2318-0919v19e2022a5033

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa