Avaliação do sofrimento psíquico da mãe acompanhante em alojamento conjunto pediátrico

Autores

  • Jaquilene Barreto da COSTA Universidade Estadual de Maringá/Hospital Universitário do Oeste do Paraná
  • Mônica Augusta MOMBELLI Universidade Estadual de Maringá
  • Sonia Silva MARCON Universidade Estadual de Maringá

Palavras-chave:

Enfrentamento; Família; Hospitalização; Sofrimento psíquico

Resumo

Este estudo objetivou apreender os sentimentos vividos pela mãe que acompanha um filho internado e identificar as estratégias de enfrentamento utilizadas para lidar com essa realidade. Tratou-se de uma pesquisa qualitativa que utilizou como técnica para coleta de dados o procedimento Desenho-Estória, aplicado junto a 17 mães que acompanhavam seus filhos em alojamento conjunto pediátrico de um hospital universitário. Realizou-se, na análise dos dados, a interpretação psicológica dos desenhos e análise do conteúdo das falas apresentadas na estória contada pela mãe a partir dos desenhos. Para tanto, utilizou-se na interpretação dos desenhos o referencial teórico proposto por van Kolck. Os dados com as falas dos sujeitos foram analisados nos moldes da análise de conteúdo proposto por Minayo. Observou-se a expressão do sofrimento psíquico a partir dos sentimentos de medo, preocupação, impotência e tristeza, geradores de ansiedade e angústia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Chiattone, H. B. C. (1988). A criança e a hospitalização. In V. A. Angerami-Camon (Org.), Psicologia hospitalar: a atuação do psicólogo no contexto hospitalar (pp.40-130). São Paulo: Traço Editora.

Coyne, J. C., & Racioppo, M. W. (2000). Never the twain shall meet? Closing the gap between coping research and clinical intervention research. American Psychologist,55 (6), 655-664.

Costa, J. B., Collet, N., & Gonçalves, B. R. (2007). Sofrimento psíquico da criança hospitalizada. Revista Paulista de Enfermagem,26 (2), 79-86.

Diaz-Caneja, A., Gledhill, J., Weaver, T., Nadel, S., & Garralda, E. (2005). A child's admission to hospital: a qualitative study examining the experiences of parents. Intensive Care Medice, 31 (2), 1248-1254.

Dittz, E. S., Mota, J. A. C., & Sena, R. R. (2008). O cotidiano no alojamento materno, das mães de crianças internadas em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, 8 (1), 75-81.

Elkin, T. D., Jensen, S. A., McNeil, L., Gilbert, M. E., Pullen, J., & McComb, L. (2007). Religiosity and coping in mothers of children diagnosed with cancer: an exploratory analysis. Journal of Pediatric Oncology Nursing,24 (5), 274-278.

Heneghan, A. M., Mercer, M. B., & De Leone, N. L. (2008). Will mothers discuss parenting stress and depressive symptoms with their child's pediatrician. Pediatrics, 113 (3), 460-467.

James, K., Keegan-Wells, D., Hinds, P. S., Kelly, K. P., Bond, D., Hall, B., Mahan R., Moore, I.M., Rool, L., & Speckhart, B. (2002). The care of my child with cancer: parents´ perceptions of caregiving demands. Journal of Pediatric Oncology Nursing, 19 (6), 218-228.

Kohlsdorf, M., & Costa Junior, A. L. (2008). Estratégias de enfrentamento de pais de crianças em tratamento de câncer. Estudos de Psicologia (Campinas), 25 (3), 417-429.

Lima, M. V. O. (2000). Terapia cognitivo comportamental e religiosidade. In R. G. Wielennska. Sobre comportamento e cognição: questionando e ampliando a teoria e intervenção clinica em outros contextos (pp.222-227). Santo André: Esetec.

Méllo, D. C., & Rodrigues, B. M. R. D. (2008). O acompanhante de criança submetida à cirúrgia cardíaca: contribuição para a enfermagem. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, 12 (2), 237- 42.

Milanesi, K., Collet, N., Oliveira, B. R. G., & Vieira, C. S. (2006). O sofrimento psíquico da família de crianças hospitalizadas. Revista Brasileira de Enfermagem, 59 (6), 769-74.

Minayo, M. C. S. (2007). O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde (11a. ed.). São Paulo: Abrasco.

Monticelli, M. (2004). A família e a enfermagem em alojamentos conjuntos: saberes, poderes e experiências relacionais. In I. Elsen, S. S. Marcon & M. R. S. Silva (Orgs.), O viver em família e sua interface com a saúde e a doença (pp.137-150). Maringá: Eduem.

Norberg, A. L., Lindblad, F., & Boman, K. K. (2005). Coping strategies in parents of children with cancer. Social Science & Medicine,60 (5), 965-975.

Oliveira, I., & Angelo, M. (2000). Vivenciando com o filho uma passagem difícil e reveladora: a experiência da mãe acompanhante. Revista da Escola de Enfermagem USP,34 (2), 202-8.

Ribeiro, N. R. R. (2004). A família enfrentando a doença grave da criança. In I. Elsen, S. S. Marcon & M. R. S. Silva (Orgs.), O viver em família e sua interface com a saúde e a doença (pp.183-198). Maringá: Eduem.

Rodrigues, M. A., Rosa, J., Moura, M. J., & Baptista, A. (2000). Ajustamento emocional, estratégias de coping e percepção da doença em pais de crianças com doença do foro oncológico. Psicologia, Saúde & Doenças, 1 (1), 61-68.

Santos, A. R. R. (2001). Avaliação da dor em pacientes com câncer: contribuições psicoterápicas Dissertação de mestrado não-publicada, Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Savoia, M. G. (2000). Instrumentos para a avaliação de eventos vitais e de estratégias de enfrentamento (coping) em situações de estresse. In L. H. S. Gorenstein & A. W. Z. Andradre (Eds.), Escalas de avaliação clínica em psiquiatria e psicofarmacologia São Paulo: Lemos-Editorial.

Sterken, D. J. (1996). Uncertainty and coping in fathers of children with cancer. Journal of Pediatric Oncology Nursing, 13 (2), 81-88.

Trinca, W. (2003). Investigação clínica da personalidade: o desenho livre como estímulo de a percepção temática (3a. ed.). São Paulo: Epu.

Tsu T., & Borges, T.W. (1991). Vício e loucura: estudo de representações sociais de escolares sobre doença mental, através do uso do procedimento de desenhos-estórias com tema. Boletim de Psicologia, 10 (4), 47-55.

van Kolck, O. L. (1984). Técnicas projetivas gráficas no diagnóstico psicológico São Paulo: EPU.

Ziegel, E., & Cranley, M. S. (1995). Enfermagem obstétrica Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Downloads

Publicado

2022-11-16

Como Citar

COSTA, J. B. da ., MOMBELLI, M. A. ., & MARCON, S. S. . (2022). Avaliação do sofrimento psíquico da mãe acompanhante em alojamento conjunto pediátrico . Estudos De Psicologia, 26(3). Recuperado de https://periodicos.puc-campinas.edu.br/estudos/article/view/7078