Linguagem documentária e terminologia

Marilda Lopes Ginez de Lara

Resumo


A linguagem documentária deve ser formulada rigorosamente para se constituir em sistema de organização e de comunicação da informação, qualquer que seja seu universo (bases bibliográficas, sites na web, conteúdos de manuais técnicos). O uso da Terminologia teórica e concreta contribui à consecução desses objetivos à medida que fornece princípios para a identificação dos domínios, delimitação de conceitos e termos, estabelecimento de relações entre conceitos apoiadas em definições, além de prover referência concreta aos descritores. Visando melhor compreensão dos conceitos terminológicos exploramos as normas terminológicas ISO 704:2000 e ISO 1087-1:2000 no que tange aos conceitos e à modelagem de sistemas de conceitos, destacando que a importância da Terminologia para a construção da linguagem documentária transcende o uso normalizado dos termos: a apropriação de procedimentos e de conceitos terminológicos pela Ciência da Informação (e pela Lingüística Documentária) se relaciona à especificidade de seu objeto e objetivos. A  utilização da Terminologia, ao lado de contribuições de outras áreas, persegue a constituição de unidades de informação.

Palavras-chave: linguagem documentária, organização da informação, terminologia, normas terminológicas, lingüística.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

TransInformação

ISSN 2318-0889 (eletrônico)
ISSN 0103-3786 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.