Formação centrada na escola, desenvolvimento pessoal e profissional de professores

Renata Cristina Oliveira Barrichelo Cunha, Guilherme do Val Toledo Prado

Resumo


Este trabalho apresenta como tema a formação continuada de professores, problematizando a formação centrada na escola, concebida como a que acontece no contexto de trabalho, e privilegiando a colaboração e a interlocução entre professores. Essa modalidade formativa ocupa-se da leitura das práticas como referências para análise, reflexão e crítica a partir do conhecimento que o professor já construiu na sua experiência docente. Assumindo a escola como espaço e tempo de desenvolvimento profissional e pessoal, a formação em contexto propõe a articulação entre momentos de formação e trabalho e insiste na importância da pesquisa como estratégia formativa e situação privilegiada para sistematização dos conhecimentos e saberes construídos no interior da escola. Assim, a pesquisa do professor acena com a possibilidade de promover conhecimento e reflexão de si - autoconhecimento -, do outro, sobre o trabalho, as situações, os acontecimentos e as ideias.


Palavras-chave


Formação de professores. Formação centrada na escola. Trabalho docente coletivo.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, N. Tecer conhecimentos em rede. In: ALVES, N.; GARCIA, R.L. (Org.). O sentido da prática. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p.111-120.

AMIGUINHO, A.; CANÁRIO, R. Escolas e mudança: o papel dos centros de formação. Lisboa: EDUCA, 1994. 175p.

ARBOLEA, T.A. Educação continuada de professores de língua portuguesa: em busca de subsídios para uma proposta de formação centrada na escola. 2009. 139f. Tese (Doutorado) - Faculdade de

Educação, Pontifícia Universidade Católica de SãoPaulo, São Paulo, 2009.

BARROSO, J. Formação, projecto e desenvolvimento organizacional. In: CANÁRIO, R. (Org.). Formação e situações de trabalho. Porto: Porto, 2003. p.61-78.

CANÁRIO, R. Centros de formação das associações de escolas: que futuro? In: AMIGUINHO, A.; CANÁRIO, R. Escolas e mudança: o papel dos centros de formação. Lisboa: EDUCA, 1994. p.13-58.

CANÁRIO, R. Gestão da escola: como elaborar o plano de formação? Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1998.

CANÁRIO, R. Estabelecimento de ensino: a inovação e a gestão de recursos educativos. In: NÓVOA, A. (Coord.). As organizações escolares em análise. Lisboa: Dom Quixote, 1999a. p. 162-187.

CANÁRIO, R. A escola: o lugar onde os professores aprendem. In: MOREIRA, A. et al. Supervisão na formação: Actas do I Congresso Nacional de Supervisão. Aveiro: Ed. da Universidade, 1999b. p.11-20.

CANÁRIO, R. Educação de adultos: um campo e uma problemática. Lisboa: EDUCA, 2000a. 151p.

CANÁRIO, R. A experiência portuguesa dos Centros de Formação das Associações de Escolas. In: MARIN, A.J. (Org.). Educação continuada. Campinas: Papirus, 2000b. p.63-88.

CANÁRIO, R. A prática profissional na formação de professores. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 2001a.

CANÁRIO, R. Formação inicial de professores: que futuro (s)? In: AFONSO, N; CANÁRIO, R. Estudos sobre a situação da formação inicial de professores. Porto: Porto, 2002. p.37-63.

CANÁRIO, R. A aprendizagem ao longo da vida: análise crítica de um conceito e de uma política. In: CANÁRIO, R. (Org.). Formação e situações de trabalho. Porto: Porto, 2003. p.189-207.

CANÁRIO, R. O que é a escola? Um “olhar” sociológico. Porto: Porto, 2005.

CANÁRIO, R.; CABRITO, B.; CAVACO, C. Administração local e formação de formadores. In: CANÁRIO, R. CABRITO, B. (Org.). Educação e formação de adultos: mutações e convergências. Lisboa: Educa, 2005. p.127-158

.

CORREIA, J.A. Inovação pedagógica e formação de professores. Rio Tinto: ASA, 1991.

CORREIA, J.A. Formação e trabalho: contributos para uma transformação dos modos de os pensar na sua articulação. In: CANÁRIO, R. (Org.). Formação e situações de trabalho. Porto: Porto, 2003. p.13-42.

CUNHA, R.C.O.B. Pelas telas, pelas janelas: a coordenação pedagógica e a formação de professores/as nas escolas. 2006, 272f. Tese (Doutorado)

- Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

DICKEL, A. Que sentido há em se falar em professor-pesquisador no contexto atual? Contribuições para o debate. In: GERALDI, C.M.G.; FIORENTINI, D.; PEREIRA, E.M.A., (Org.). Cartografias do trabalho docente: professor/a pesquisador/a. Campinas: Mercado de Letras, 1998. p.33-72.

FELDMAN, A. Validity and quality in self-study. American Educational Researcher Association, v.32, n.3, p.26-28, 2003.

GERALDI, C.M.G.; FIORENTINI, D.; PEREIRA, E.M.A. (Org.). Cartografias do trabalho docente: professor/a pesquisador/a. Campinas: Mercado de Letras, 1998.

GOMES, C.C.G. A formação contínua do professor do ensino médio: a escola como espaço para o desenvolvimento profissional. 2006, 174f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2006.

MARCONDES, M.I. A prática de ensino e a pesquisa sobre o saber prático dos professores. In: ROMANOWSKI, J.P.; MARTINS, P.L.O.; JUNQUEIRA,

S.R. (Org.). Conhecimento local e conhecimento universal: pesquisa, didática e ação docente. Curitiba: Champagnat, 2004. p.259-270.

MENDES, C.C.T. HTPC: hora de trabalho perdida coletivamente? 2008. 113f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Universidade Paulista Júlio de Mesquita Filho, Presidente Prudente, 2008.

MENEGUIM, A.M. A Escola como lócus da formação contínua: investigando a partir das HTPCs. 2005. 208f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Universidade Católica de Santos, Santos,

OLIVEIRA-FORMOSINHO, J.; FORMOSINHO, J.A. A formação em contexto: a perspectiva da Associação Criança. In: OLIVEIRA-FORMOSINHO, J.; KISHIMOTO, T.M. (Org.). Formação em contexto:

uma estratégia de integração. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002. p.1-40.

PIRES, A.L.O. Reconhecimento e validação das aprendizagens experienciais: uma problemática educativa. Sísifo - Revista de Ciências da Educação, Lisboa, n.2, p.5-20, 2007. Disponível em:

. Acesso em: 15 abr. 2010.

PORTO, Y.S. Formação continuada: a prática pedagógica recorrente. In: MARIN, A.J. (Org.). Educação continuada: reflexões e alternativas. Campinas: Papirus, 2000. p.11-38.

PRADO, G.V.T.; CUNHA, R.C.O.B. (Org.). Percursos de autoria: exercícios de pesquisa. Campinas: Alínea, 2007.

RODRIGUES, A.; ESTEVES, M. A análise de necessidades na formação de professores. Porto: Porto, 1993.

RODRIGUES, D.M. A escola como espaço formador de professores: um estudo sobre interações e possibilidades do exercício da docência. 2009,

f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Cultura e Comunicação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2009.

SILVA, A.M.C. A formação contínua de professores: uma reflexão sobre as práticas e as práticas de reflexão em formação. Educação e Sociedade,

v.21, n.72, p. 89-109. 2000.

SILVA, C.A.F. A formação docente desenvolvida naescola: limites, avanços, desafios e perspectivas. 2008. 214f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso,

Cuiabá, 2008.

SILVA, M. A formação do professor centrada na escola: uma introdução. São Paulo: EDUC, 2000. 98p.

SILVA, W.P.L. Formação centrada na escola: em face ao plano de desenvolvimento da escola. 2007. 107f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso,

Cuiabá, 2007.

SOUSA, P.R.G. HTPC: horário de trabalho pedagógico coletivo ou horário de trabalho perdido? 2007. 140f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Ciências Humanas, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2007.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v0n28a79

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.