Formação continuada de professores que ensinam matemática no contexto de comunidades virtuais de aprendizagem: um mapeamento de teses e dissertações

Juliana França Viol, Rosana Giaretta Sguerra Miskulin

Resumo


Este artigo discuti alguns aspectos dos processos formativos de professores que ensinam Matemática no contexto de comunidades virtuais de aprendizagem. Entende-se por comunidades virtuais de aprendizagem, os “espaços virtuais” mediados pelas tecnologias de informação e de comunicação, os quais estão abertos à participação de pessoas oriundas de diferentes contextos socioculturais e que interessam-se pelo compartilhamento de informações acerca de um tema ou área específica, discutindo, interagindo e construindo conhecimento de forma colaborativa. Além disso, essas comunidades de aprendizagem visam ultrapassar as concepções tradicionais dos processos de ensino e aprendizagem, possibilitando aos sujeitos construírem uma cultura informatizada e um saber compartilhado, em que a interação mútua e a colaboração constituem-se em fatores fundamentais para a constituição do conhecimento. Nesse contexto, considera-se que as comunidades virtuais de aprendizagem possibilitam aos docentes uma nova modalidade de interação, que conduzem a reflexão de questões inusitadas, que os fazem aprender a (re)significar as suas ações docentes, proporcionando novos modelos e formas para os processos formativos desses professores, mediados pelas tecnologias de informação e de comunicação. Nessa perspectiva, apresenta-se um mapeamento de pesquisas em educação Matemática, que tiveram como objetos de investigação as inter-relações das tecnologias de informação e de comunicação e a formação de professores que ensinam Matemática. Tratam-se de teses e dissertações produzidas e defendidas nos Programas de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo, Universidade Estadual de Campinas) e Universidade Federal de São Carlos, nos Programas de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade Estadual Paulista de Rio Claro e Pontifícia Universidade Católica e no Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência da Universidade Estadual Paulista de Bauru, no período de 1987 a 2007.O objetivo desse mapeamento é identificar aspectos teórico-metodológicos e temáticos das inter-relações das tecnologias de informação e de comunicação e a formação e prática de professores que ensinam Matemática, em um contexto de pesquisas em Educação Matemática.


Palavras-chave


Comunidades virtuais de aprendizagem. Educação matemática. Formação de professores. Pesquisas acadêmicas - teses e dissertações.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, R.G. Tecnologia e educação: trabalho e formação docente. Educação & Sociedade, Campinas, v.25, n.89, p.1181-1201, 2004.

GOMEZ, M.V. Educação em rede: o processo de criação de um curso web. 2002. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de São Paulo, São Paulo, 2002.

GRACIAS, T.A.S. A natureza da reorganização do pensamento em um curso a distância sobre tendências em educação matemática. 2003. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2003.

MARIANO, C.R. Indícios da cultura docente revelados em um contexto online no processo da formação de professores de matemática. 2008, 162f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2008.

MENDES, R.A.V. Avaliação de um curso de educação a distância para a formação continuada de professores de matemática. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação para Ciências) - Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2003.

MISKULIN, R.G.S. Curso de licenciatura em matemática à distância: limites e potencialidades no cenário das políticas públicas brasileiras. In:

CONGRESO IBERO-AMERICANO DE EDUCACIÓN MATEMÁTICA , 6., 2009, Puerto Montt, Chile. Anais... Puerto Montt: Universidad de los Lagos, 2009. p.1019-1025.

MISKULIN, R.G.S.; SILVA, M.R.C.; ROSA, M. Comunidade virtual como lócus do resgate da cultura docente: contribuições para a formação continuada do professor de matemática. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 3., 2006, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: SBEM, 2006.

MISKULIN, R.G.S.; ROSA, M; SILVA, M.R.C. Comunidade de prática virtual: possíveis contribuições para a formação de professores de matemática. In: FIORENTINI, D.; GRANDO, R.C.; MISKULIN, R.G.S. (Org.). Práticas de professores que ensinam matemática. Campinas: Mercado das Letras, 2009.

MORGADO, M.J.L. Formação de professores de matemática para o uso pedagógico de planilhas eletrônicas de cálculo: análise de um curso a distância via internet. 2003. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2003.

PRADO, M.E.B.B.; ALMEIDA, M.E.B. Estratégias em educação à distância: a plasticidade na prática pedagógica do professor. In: VALENTE, J.A.;

ALMEIDA, M.E.B. (Org.). Formação de educadores à distância e integração de mídias. São Paulo: Avercamp, 2007. p.67-84.

PRETTO, N.L. Desafios para a educação na era da informação: o presencial, a distância, as mesmas políticas e o de sempre. In: BARRETO, R.G. (Org.). Tecnologias educacionais e educação à distância: avaliando políticas e práticas. Rio de Janeiro: Quartet, 2001. p.29-53.

SANTOS, S.C. A produção matemática em um ambiente virtual de aprendizagem: o caso da geometria euclidiana espacial. 2006.

Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, 2006.

SANTOS, J.A. Formação continuada de professores em geometria por meio de uma plataforma de educação a distância: uma experiência com professores de ensino médio. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica São Paulo, São Paulo, 2007.

SOCOLOWSKI, R.C.A.J. Análise das interações tutor/participantes: um ponto de partida para avaliação de cursos de desenvolvimento profissional a distância. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifica Universidade Católica São Paulo, São Paulo, 2004.

VIOL, J.F. Movimento das pesquisas que relacionam as tecnologias de informação e de comunicação e a formação, a prática e os modos de pensar de professores que ensinam matemática. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2010.

ZULATTO, R.B.A. A natureza da aprendizagem matemática em um ambiente online de formação continuada de professores. 2007. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, 2007.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v0n29a57

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.