O problema do vínculo da essência do humano com o deus derradeiro em Heidegger

Paula Renata de Campos Alves

Resumo


O artigo presente pretende indicar algumas direções para se pensar a relação entre um deus não metafísico, ou ainda, um deus pós-morte de Deus, na articulação com a essência de um humano que a esse momento histórico espiritual – da morte de Deus –, possa corresponder. Essas indicações, encontramos a partir do escrito póstumo de Martin Heidegger, Contribuições à filosofia: do acontecimento-apropriação (Beiträge zur Philosophie. Vom Ereignis), redigido entre 1936 e 1938. Nesse texto, Heidegger prefigura um deus, o deus da ausência, isto é, um deus que não se pode cultuar, um deus não universal, não metafísico, como a possibilidade de um redimensionamento do vínculo do humano com o divino. A esse deus prefigurado chama de “deus derradeiro” (Der letzte Gott). O “deus derradeiro” de Heidegger atende a um pensar que se dispõe a abandonar as categorias que delineiam os traços de uma relação cristalizada entre humano e divino, configurando uma abertura à origem, ao movimento que inicia uma relação, e que a iniciando pode dar a pensar o vínculo primordial da essência do humano com o divino, o “totalmente outro”. O que queremos indicar, a partir disso, é de que modo origem e “deus derradeiro” podem coincidir na e desde a tarefa do pensamento.

Palavras-chave: Deus derradeiro. Humano. Origem.


Palavras-chave


Deus derradeiro. Humano. Origem.

Texto completo:

PDF

Referências


Borges-Duarte, I. Arte e técnica em Heidegger. Lisboa: Documenta, 2014.

Heidegger, M. Abortes a la filosofia: acerca del evento. Buenos Aires: Biblos, 2003a.

Heidegger, M. Beiträge zur philosophie. Frankfurt am Main: Vittorio Klosterman, 2003b.

Heidegger, M. Caminhos de floresta. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 2002.

Heidegger, M. Heráclito: a origem do pensamento ocidental – Lógica: a doutrina heraclítica do lógos. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1998.

Loparic, Z. Sobre a responsabilidade. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2003.

Von Herrmann, F.-W. Wege im ereignis: zu Heideggers Beiträge zur Philosophie. 3.ed. Frankfurt: Vittorio Klostermann, 1994.




DOI: https://doi.org/10.24220/2447-6803v40n1a3235

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Reflexão

ISSNe 2447-6803 (eletrônico)

ISSN 0102-0269 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.