Pressupostos para o agir moral segundo Ortega y Gasset

Arlindo F. Gonçalves Jr.

Resumo


A superação do idealismo e da tendência situacionista é o objetivo presente na ética orteguiana, que parte da idéia de vida humana como realidade radical. O primado da vida humana situa o homem em uma condição de liberdade e constante quefazer, dada sua carência de identidade apriorística. Como conseqüência temos a idéia de vida como drama radical e prospectivo. A moralidade será identificada com o modo autêntico de ser, ou seja, aquele que cumpre o imperativo de coincidência com o programa vital, ao atender o apelo da vocação íntima. Como realidade que se expressa através da convivência, a vida autêntica se realiza na reciprocidade inter-pessoal, no sentido de reconhecer no outro sua dimensão de singularidade.

Palavras-chave: ética, raciovitalismo, Ortega y Gasset.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Bases de datos e repositórios

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


  

Reflexão

ISSNe 2447-6803 (eletrônico)

ISSN 0102-0269 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.