Desafios contemporâneos da significância cultural, integridade e autenticidade do patrimônio cultural: teoria e prática | Cultural significance, integrity and authenticity of cultural assets in the contemporary world: theory and practice

Flaviana Barreto Lira

Resumo


Significância cultural, integridade e autenticidade são noções balizadoras da conservação de bens culturais em todo o mundo. Todavia, ainda há desafios
a serem enfrentados quanto à operacionalização dessas noções. Observa-se haver certas sobreposições ou influências mútuas entre elas que levam a
uma questão central: ainda que na teoria possam ser compreendidasb isoladamente, na prática essa separação não se revela factível. Diante dessa problemática, este artigo objetiva investigar autenticidade, integridade e significância cultural na contemporaneidade a partir da ótica da relação de interdependência  indissociabilidade existente entre elas. Em termos teóricos, autores como Stovel, Jokilehto, Mason, Lira, Silva e Zancheti, são referências basilares. Como forma de refletir sobre essa sobreposição à luz da prática, toma-se o caso do Muro de Berlim. Entende-se que ações de reconstrução (ou de destruição) pós-guerra ou pós-catástrofe podem trazer elementos para mostrar como a forma de valorar, ou seja, de apreender a significância cultural, interfere
na ação sobre o bem e, consequentemente, na sua integridade e autenticidade. Assim, à luz de abordagens teóricas contemporâneas sobre o tema e do seu confronto com o referido estudo de caso, o artigo se propõe a construir orientações que possam se consubstanciar em matriz metodológica que
favoreça a análise integrada dessas três noções na conservação dos bens culturais.


Palavras-chave


Autenticidade; Declaração de significância, integridade e autenticidade; Integridade; Significância cultural.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, B. The importance of cultural meaning in defining and preserving sense of place. In: TOMLAN, M. (ed.). Preservation of what, for whom? A critical look at significance. Ithaca: National Council for Preservation Education, 1998. p. 127-135.

BRANDI, C. Teoria da restauração. Cotia: Ateliê Editorial, 2004. p. 30-70

FEILDEN, B.; JOKILEHTO, J. Management guidelines for World Heritage Sites. 2nd. ed. Rome: ICCROM,1998. p.15.

FERRARA, A. Reflective authenticity: rethinking the project of modernity. London: Routledge, 1998.

GILES, T. R. Dicionário de filosofia: termos e filósofos. São Paulo: EPU, 1993. p. 83.

GREEN, H. L. The social construction of historical significance. In: TOMLAN, M. (ed.). Preservation of what, for whom? A critical look at significance. Ithaca: National Council for Preservation Education, 1998. p. 85-94.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo: Vértices, 1990. p. 51.

HIDAKA, L. Indicador de avaliação do estado de conservação sustentável de cidades: patrimônio cultural da humanidade: teoria, metodologia e aplicação. 2011. 229 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Urbano) — Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.

INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Portaria 375 de 19 de setembro de 2018. Brasil: IPHAN, 2018. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/legislacao/

portaria3752018sei_iphan0732090.pdf. Acesso em: 20 fev. 2019.

INTERNATIONAL COUNCIL ON MONUMENTS AND SITES. The Nara document on authenticity. Nara:Icomos, 1994.

INTERNATIONAL COUNCIL ON MONUMENTS AND SITES AUSTRALIA. The Burra charter: the Australia ICOMOS charter for places of cultural significance. Burwood: Icomos Austrália, 2013.

JOKILEHTO, J. Considerations on authenticity and integrity in World Heritage context. City and Times, v. 2, n. 1 p. 1-15, 2006a. Available from: http://www.cecir.org/novo/revista/docs2006/

CT-2006-44.pdf. Cited: June 4, 2018.

JOKILEHTO, J. World Heritage: defining the outstanding universal value. City and Times, v. 2, n. 1, p. 1-10, 2006b. Available from: http://ceci-br.org/novo/revista/docs2006/CT-2006-45.pdf. Cited: June 4, 2018.

KLAUSMEIER, A. Strategies for the mediation of an uncomfortable monument: the exemple of the Berlin Wall. In: SCHMIDT, L.; VON PREUSCHEN, H. On the boths sides of the wall: preserving monuments of the Cold War Era. Bad Münstereifel: Westkreuz-Verlag GmbH, 2005. p. 50-52.

KLAUSMEIER, A.; SCHMIDT, L. Wall remnants – wall traces: the comprehensive guide to the Berlin Wall. Berlin: Westkreuz-Verlag, 2004.

KÜHL, B. M. (org.). Gustavo Giovannoni: textos escolhidos. Cotia: Ateliê Editorial, 2013.

LIRA, F. Patrimônio cultural e autenticidade: montagem de um sistema de indicadores para o monitoramento. Recife: EdUFPE, 2010.

LIRA, F. Da natureza complexa dos bens culturais: a indissociabilidade entre significância cultural, integridade e autenticidade. In: ENCONTRO INTERNACIONAL SOBRE PATRIMÔNIO EDIFICADO: ARQUIMEMÓRIA, 5., 2017, Salvador. Anais [...]. Salvador: Departamento da Bahia do Instituto do

Arquitetos do Brasil, 2017. p. 6-30.

LORETTO, R. As [des]venturas da integridade no Patrimônio Mundial. 2016. 345 f. Tese (Doutorado em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo) — Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. f. 82-292.

MCSTOTTS, J. The second fall of the Berlin Wall: examining the hildebrandt memorial at checkpoint Charlie. Future Anterior: Journal of Historic Preservation History, Theory and Criticism, v. 3. n. 1, p. 26-47, 2006.

MANIACI, A. Autenticità: limiti e problematiche del progetto di conservazione. In: VALTIERI, S. (org.). Della bellezza ne è piena la vista! Restauro e conservazione alle latitudini del mondo nell'era della globalizzazione: Università degli studi Mediterranea, Reggio Calabria, Italia. Roma: Nuova Argos,

p. 396-401.

MASON, R. Fixing historic preservation: a constructive critique of “significance”. Places, a Forum of Environmental Design, v. 16, n. 1, p. 64-71, 2004.

MUÑOZ VIÑAS, S. Contemporary theory of conservation. Oxford: Elsevier Butterworth-Heinemann,

p. 40-154.

PETERS, G. Anthony Giddens entre a hermenêutica e a crítica: o status do conhecimento de senso comum na teoria da estruturação. PLURAL: Revista do Programa de Pós Graduação em Sociologia da USP, v. 21.2, p. 168-194, 2014. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/plural/article/

view/97218/96267. Acesso em: 20 fev. 2019.

PHILIPPOT, P. Restoration from the perspective of humanities. In: PRICE, N. S.; TALLAEY, M. K.; VACCARO, A. M. (org.). Historical and philosophical issues in the conservation of cultural heritage. Los Angeles: The Getty Conservation institute, 1996. p. 216-229.

RIBEIRO, C.; LIRA, F. Autenticidade, integridade e significância cultural. In: LACERDA, N.; ZANCHETI,S. (org.). Plano de gestão da conservação urbana: conceitos e métodos. Olinda: CECI, 2012. p. 32-43.

RIEGL, A. O culto moderno dos monumentos: sua essência e sua gênese. Goiânia: Editora da UCG,2006. p. 20.

ROWNEY, B. Charters and the ethics of conservation: a cross-cultural perspective. 2004. 325 f. Tese (Doctor of Philosophy) — University of Adeleide, Adelaide, 2004.

SILVA, P. Conservar, uma questão de decisão: o julgamento na conservação da arquitetura moderna.Recife: Editora Universitária da UFPE, 2012. p. 52-65.

STOVEL, H. Efective use of authenticity and integrity as world heritage qualifying conditions.City and Times, v. 2, n. 3, p. 21-36. 2007. Available from: http://www.ceci-br.org/novo/revista/docs2007/CT-2007-71.pdf. Cited: June 5, 2018.

TAINTER, J.; LUCAS, J. Epistemology of the significance concept. American Antiquity, v. 48, n. 4, p. 707-719, 1983.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION. Operational Guidelines for the implementation of the World Heritage Convention. Paris: World Heritage Centre, 2013. p. 23.

ZANCHETI, S.; HIDAKA, L. Um indicador para medir o estado de conservação de sítios urbanos patrimoniais. In: ZANCHETI, S. (org.). Indicadores de conservação e sustentabilidade na cidade patrimonial. Olinda: CECI, 2010. p. 46.

ZANCHETI, S. et al. Judgement and validation in the Burra charter process: introducing feedback in assessing the cultural significance of heritage sites. City and Times, v. 4, n. 2, p. 47-53, 2009. Available from: http://www.ceci-br.org/novo/revista/docs2009/CT-2009-146.pdf. Cited: June 5,2018.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v17e2020a4365

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.